IPv6 - A Próxima Geração da Internet

Home | Contatos   

::   Home

::   O que é IPv6

::   Produtos

::   Serviços

::   Treinamentos

::   Empresa

::   Clientes

::   Referências

::   Contatos


   Túnel do tempo - Rede IP Mundial

 
     No ano de 1964, na cidade de Santa Clara - Califórnia, uma empresa chamada Rand Corporation comandada por Paul Baram, realizava um estudo supervisionado pela força aérea americana para projetar uma estrutura de comunicação que fosse capaz de se manter em funcionamento mesmo após o mais poderoso ataque de guerra ao Estados Unidos da América. Surgia neste momento o conceito de rede de informações distribuídas.

     Ele estava certo de que aquela forma era a mais perfeita de manter pontos ligados por meios metálicos transportando informações digitalizadas.

Conceito de redes distribuídas - Paul Baram 1964

     Desta forma, seria necessário que todas as informações fossem divididas em partes muito pequenas e transportadas por vários caminhos diferentes ao mesmo tempo, utilizando rotas diferente para chegar ao mesmo destino. Partindo deste princípio, se qualquer uma das partes desta rede fossem atingidas as outras conseguiriam concluir o seu principal objetivo. A troca de informações.

     Uma equipe formada por engenheiros e cientistas da computação, envolvidos no trabalho de transportar a menor unidade de informação entre dois pontos chamado de "pacote" utilizando uma linha telefônica e um equipamento que eles apelidaram de MODEM (Modulador/Demodulador), que era responsável por transformar os dados digitais recebidos do computador Sigma 7 e transportá-lo no meio físico em forma de pulsos elétricos. Era instalada em 2 de setembro 1969 a primeira central de comunicação de dados chamada de nó na Universidade de Los Angeles no estado da Califórnia.

Primeiro nó da Arpanet - UCLA 1969

      MODEM AT&T - 1964     ARPANET com quatro nós em 1969

 

     Logo depois, uma rede composta por quatro nós chamada de ARPANET. Conectada através de uma linha telefônica convencional e MODEMs fabricados pela AT&T Bell Labs transportando os "pacotes" de informações utilizando protocolo Network Control Protocol e um serviço de mensageira chamado de Interface Message Processor (IMP). Pela primeira vez, a palavra pacote tinha sido usada para designar a menor parte de informação transportada por uma rede de transmissão de dados. Todos estes acontecimentos tinham que ser documentados de forma clara e inteligível e que pudessem estar sempre sendo atualizado, então, o mesmo grupo de trabalho percebeu que havia a necessidade de um formulário para comentários. O documento chamado de Request For Coments (RFC) criado por Steve Crocker do Network Working Group (NWG), primeiro grupo de trabalho que logo deu origem ao grupo de trabalho chamado hoje de Internet Engineering Task Force (IETF), descrevendo o protocolo Host-to-Host. O RFC tornou-se um padrão global no auxílio ao desenvolvimento de softwares e protocolos com seu arquivo na universidade do Sul da Califórnia, no Instituto de Ciências da Informação. 

     No início da década de 1970, os cientistas da computação Robert Kahn e Vinton Cerf desenhavam outros protocolos que tinham algumas características que deram origem ao seu nome, Transmission Control Protocol. O TCP era responsável pela camada de controle e transporte dos dados transportados.

 

 

Índice | Próxima página


You are using IPv4 From (64.208.172.176).


Copyright © 2007. IPv6 do Brasil. Todos os Direitos Reservados.